Artigo: Parcerias Estratégicas e a utilização da Inteligência Competitiva
Publicado em 23/12/2010
Autor: Daniela Ramos Teixeira

Como parceria não é mais diferencial competitivo e, sim, necessidade para as empresas serem bem sucedidas, emergem modelos de cooperação entre empresas como as Redes de Valor e de Cooperação Empresarial. É essencial que os profissionais de Inteligência Competitiva enxerguem essa ampliação de foco, abrangendo a Rede de Valor e de Cooperação entre empresas como um todo.

Esse artigo foi inspirado na troca de conhecimento com a turma do MBA em Gestão Empresarial da UNICSUL, onde tive a oportunidade de ensinar a disciplina Gestão Internacional e Alianças Estratégicas em 2010.

Download (pdf 90 kb)

Envie seu Comentário

Nome *
E-mail *
Site
Comentário *

Daniela Ramos Teixeira
17/05/2013 11:06:37
Olá Rosa, td bem? Ficamos contentes com o seu contato. Há uma série de artigos sobre Redes de Cooperação no portal da Revie, seção Centro de Conhecimento Revie/ Artigos em http://www.revie.com.br/site-pagina?id=28 Selecione Redes de Valor e de Cooperação Empresarial. Em alguns artigos, há referências de livros e artigos que podem ser bem úteis para você. Um abraço. SDS, Daniela Ramos Teixeira REVIE Inteligência Empresarial tel.: (11) 2626-3832
Rosa Orlando
17/05/2013 10:57:24
Olá, boa noite. Estava pesquisando sobre rede de cooperação e cheguei até o site de vocês e achei muito interessante. Estou começando meu TCC e quero abordar o tema Rede de Cooperação. Se pudessem me fornecer algumas dicas sobre o assunto seria muito importante para mim. Li o artigo 'Parcerias Estratégicas e a Utilização da Inteligência Competitiva' da Daniela Ramos Teixeira e achei muito inteligente. Gostaria de ter esta habilidade com as palavras.....rsrsr, de qualquer maneira agradeço a atenção, qualquer informação seria bem vinda. Obrigada! att Rosa
Daniela Ramos Teixeira
07/05/2012 14:36:20
Olá Iran, Ficamos contentes que esse artigo ajudou você a enxergar oportunidades. Acredito que o 1º passo é identificar possíveis parceiros para o seu negócio. A internet pode te ajudar bastante nesse mapeamento de parceiros em potencial e a sua networking também. Tente identificar empresas/ negócios com interesse na região e divida em 2 grupos: 1. as empresas que já estão na região e buscam por expansão e 2. as que não estão na região e objetivam ter um escritório/ infraestrutura na sua região. Faça uma planilha no Excel e ligue! Essencial ter uma proposta de parceria clara. E com as informações que mapear, terá assunto para argumentar. SDS, Daniela Ramos Teixeira
Iran Luiz Teixeira
07/05/2012 14:35:41
Li seu artigo Parcerias Estratégicas e a Utilização da Inteligência Competitiva no Google, e talvez esteja aí minha oportunidade de salvar meu trabalho. Muito obrigado por ter me dado a oportunidade de ler seu trabalho. Estou à procura de um parceiro. Se puder me orientar, ficaria eternamente grato. Atenciosamente, Iran Luiz Teixeira
ADÃO EDUARDO DE MIRANDA SÁ
19/08/2011 10:59:11
Inteligência Empresarial em competições de diferentes mercados às vezes nos força, pensando em Segurança da Informação, que nos afastemos de interações. Já como estudos de Desenvolvimentos Humanos. Empresariais e Nacionais em termos didáticos ou de discussões em associações de classes profissionais, podemos nos expressar com os devidos cuidados corporativos; Assim pensando, repasso matéria que iria, se fosse viajar, apresentar em evento da FIA: ............... TÍTULO DE TRABALHO REGISTRADO PELO AUTOR EM SUAS MEMÓRIAS. PLANETA TERRA, SÉCULO XXI, II SEMESTRE DO ANO DE 2011 . ÉRA DA “INTELIGÊNCIA GLOBAL” EM NAÇ ÕES DESENVOLVIDAS , E FOME, SEDE, MISÉRIA E FAVELIZAÇÃO PELO MUNDO AFORA , COM ENCHENTES, TERREMOTOS, TSUNAMIS, ERUPÇÕES DE VULCÕES. AUTOR: ADMINISTRADOR ADÃO EDUARDO DE MIRANDA SÁ – Rio de Janeiro BRASIL, Século XXI. 2º SEMESTRE. 2011 “ O CONJUNTO CAUSAS & EFEITOS EXIGE: OPERAÇÕES, ANÁLISES E AÇÕES CASADAS COM O CONJUNTO RESULTADOS & SOLUÇÕES” Introdução: > Qualquer Ser Humano Inteligente e principalmente os Administradores, em exame de consciência honesto, podem “ENXERGAR”, ALÉM DO QUE VEMOS, NO QUE NOS É MOSTRADO, que muitos no Mundo passam fome e sede favelizados pelo Mundo afora (inclusive em nossas Nações) e, que o Planeta já se recente dos descasos da Humanidade para com seus “Meios-Ambiente” de onde saem todos os meios ou recursos que sustentam a própria Humanidade, reclamando a seu modo, com terremotos, tsunamis, secas, ventanias, tornados e enchentes que não raro causam mortes, destruição e prejuízos com repercussões em massa; > Os principais motivos para estes transtornos são a GANÂNCIA E AS IGNORÂNCIAS DA HUMANIDADE e não raro as incapacidades profissionais ou governamentais e as corrupções que cegam gerações e gerações pelo mais diversos e vergonhosos meios. > TEMAS E SEQÜÊNCIA, SOLICITADOS PELO EVENTO: > 1. “O Mundo do Trabalho”: > Estamos participando em todo o Mundo, como Administradores, de um processo de DESUMANIZAÇÃO e DESPOLITIZAÇÃO dos Negócios, das Organizações e das Sociedades ao buscarmos profissionalmente atender as necessidades de Clientes, Empregadores ou Negócios que visam METAS e resultados PONTUAIS sem a observação dos UNIVERSOS, CENÁRIOS, SITUAÇÕES OU SERES que estejam envolvidos; > DESUMANIZAÇÃO, quando, ao se buscar “tirar vantagem em tudo”, sem análises pontuais que levem em consideração os Universos e Cenários Globais Relacionados, nos tornamos reféns de processos que corrompem caminhos racionais ou legais e nos possibilitam vantagens ou resultados que muitas vezes, representam desvios de recursos que poderiam estar salvando VIDAS, ou trazendo “Qualidade de Vida” a muitas VIDAS, ou ainda causando danos irreparáveis a nossos Meios-Ambiênte ou ao Planeta que nos sustenta a todos; > DESPOLITIZAÇÃO porquanto: ao se promover a ignorância dos POVOS ocultando conhecimentos políticos e que: “Política (*) é a arte de se governar convivências com iguais oportunidades e possibilidades de desenvolvimento para todas as pessoas”, uma minoria saí ganhando e a maior parte das riquezas do Mundo ficam nas mãos de muito poucos. (*) Ver conceito completo de Política nas explicações sobre “Inteligência Global”, (No item a seguir.) 2. ”Visão Prospectiva da Administração”: > “SOZINHOS NÃO MUDAREMOS O MUNDO MAS PODEREMOS INICIAR ESTE OBRIGATÓRIO PROCESSO DE MUDANÇAS!" > Este EVENTO cria a oportunidade de todos podermos analisar a importância da profissão de ADMINISTRADOR e de nos aprofundarmos em verificar se nossos comportamentos e procedimentos profissionais podem nos espelhar como dignos representantes DA HUMANIDADE e como CAPAZES PROFISSIONAIS DE ADMINISTRAÇÃO QUE PODEM MUDAR ESTE MUNDO TÃO MAL ADMINISTRADO; > Esta apresentação não é uma APOLOGIA À VAIDADE HUMANA OU PROFISSIONAL DOS ADMINISTRADORES, é na realidade um grande alerta para todos e para cada um de nós Seres Humanos, ADMINISTRADORES OU NÃO, mas principalmente para NÓS MESMOS PASSAR A NOS ENXERGAR COMO PROVEDORES DE DESENVOLVIMENTO E RESULTADOS, RECONHECENDO QUE NÃO FAZEMOS NADA SOZINHOS E, CADA VEZ MAIS DEPENDEMOS DO “TODO” QUE NOS CERCA E DE “APRENDERMOS A RECONHECER E VALORIZAR A DIVERSIDADE DE INTELIGÊNCIAS DOS SERES HUMANOS E PASSARMOS A LIDERAR SUAS INTELIGÊNCIAS EM DIREÇÃO A RESULTADOS POR “INTELIGÊNCIA GLOBAL”! > A “INTELIGÊNCIA GLOBAL” aparece e cresce na razão direta da diminuição dos defeitos da Humanidade e do crescimento de suas qualidades, quando a lógica e o equilíbrio guiam a racionalidade das sociedades a caminhos positivos onde o caráter, moral e ética são tidos como obrigatórios para a Sobrevivência da Humanidade com qualidade de vida e a Sustentabilidade do nosso Planeta do qual, TODOS, somos dependentes em tudo e responsáveis por defendê-lo PARA TODOS! > “INTELIGÊNCIA GLOBAL” é a vida regida de maneira a se conceituar (*) “Política” como a arte de se pensar e agir pontualmente alcançando o “enxergar global” de tudo que nos cerca nos diferentes “universos” & “cenários” & “pessoas” de modo que todos os seres humanos se esforcem em direção ao “momento” em que toda a Humanidade possa ter certeza de oportunidades e possibilidades iguais para que todos, em seus “Meios-Ambiente”, possam disputar seus lugares nos diferentes e diversos mercados, tão somente por seus conhecimentos e méritos! > Podemos até ter orgulho de nossa profissão, mas não somos nem seremos “super seres” que tudo mudaremos sozinhos! > Muitas vezes nos depararemos com alguns empecilhos que podem até parecer para nossas sociedades como normais e até mesmo como sendo legais pela possível ignorância ou limitação dos conhecimentos humanos ou corrupção dos costumes , e, é justamente neste ponto que o ADMINISTRADOR exercerá o papel mais nobre de sua carreira, ou seja o de mediador ou daquele que saberá dosar ocorrências para que estas não se tornem exageros: • Para que o natural orgulho não se torne vaidades; • Para que a natural necessidade de resultados positivos não vire ganâncias; • .Para que a vontade de crescer não se torne sede de poder; • Para que a falta de limites não vire abuso, desrespeito e ilegalidade; • Para que a ignorância não promova erros; • Para que a ausência de caráter, moral e ética não promova corrupções; • Para que poucos irmãos não prejudiquem os demais, a Humanidade. Estas e outras funções, obrigações e responsabilidades que envolvem nossas carreiras de ADMINISTRADORES nos indicam que podemos dosar os piores venenos transformando-os em necessários remédios como ocorre na farmacologia; > 3. “Geração de Trabalho x Crescimento Econômico Sustentável”: > Manter e desenvolver o que se tenha em bases sólidas continuadas, passou a ter outras dependências além de necessidades de CAPITAL & TRABALHO: > Estratégias e Táticas de Desenvolvimento de Conhecimentos e Inteligências, Tratamentos Modernos dos Recursos Humanos, Diferentes tipos de Capitação de Recursos, Metodologias e Tecnologias novas que surgem todos os dias, Maiores Atenções para com Mercados externos e, Modificações, Eliminação ou Dosagem Comportamentos e Procedimentos de Mandos, Comandos e da própria Força de Trabalho fazem com que NÓS OS ADMINISTRADORES devamos estar sempre atentos e nos antecipando a novas ocorrências em vários Universos e Cenários que possam impactar os esforços sejam públicos ou privados, porque estejamos onde estivermos estaremos competindo num Mundo com oito Bilhões de Inteligências em Economia Globalizada: > • A Obrigação e Responsabilidade dos Empreendedores e dos Administradores de Recursos e Capitais de estar preparados para a Velocidade das Mudanças através de veiculações pela Internet; INDEPENDENTEMENTE DE AÇÕES POLÍTICAS PRIVADAS OU GOVERNAMENTAIS, depende do quanto eles se preparam para enfrentar as necessidades de mercados e os imprevistos que hoje podem ter origens: locais, internas,externas, nacionais e internacionais: > o Ter conhecimento e consciência de que num Mundo de 08 bilhões de Seres Humanos e com a existência da Internet que a tempo real pode vir a provocar MUDANÇAS RADICAIS na maioria dos Processos Econômicos; > “ATENÇÃO”: o Estar plenamente conscientes de que esforços empresariais ou profissionais e/ou do mercado interno e governos deverão existir para estimular e manter a continuidade de desenvolvimentos pontuais em cada função ou atividade, porque a concorrência, os líderes de mercado, as fontes de pesquisa e as Editoras, DESDE A ORGANIZAÇÃO E FORMATAÇÃO DAS IDÉIAS E MATÉRIAS INOVADORAS PARA SUAS EDIÇÕES, ATÉ QUE ESTAS SEJAM DISPONIBILIZADAS NO MERCADO, UM TEMPO CONSIDERÁVEL FAZ COM QUE OS DESPREVENIDOS (que disto dependerem) FIQUEM SEMPRE PASSOS ATRÁS EM DESENVOLVIMENTO; > o Saber que a atual fragilidade do Sistema Financeiro Internacional e até mesmo crises Regionais ou Locais, exige que todos nós tenhamos na gaveta um PLANO B para diante de eventuais crises não afundarmos com elas. Isto são exemplos de Universos e Cenários a que nos ligamos; > o Ter a Globalização como uma ferramenta ou como um campo a mais para expansões ou associações muito bem planejadas ou minimização de custos que não custem, em seus futuros, a dependência ou a falência da concorrência nacional, evitando-a como inibidora ou paralisante da inteligência nacional disponível que, senão reanimada, abre as portas nacionais para interesses estrangeiros em proporções descabidas que afetem a Soberania de nações que assim podem ser subjugadas; > o Estar preparados para: >  processos inteligentes de formação interna contínua da mão-de-obra direta utilizada em seus processos produtivos, introduzindo a foramação de lideranças com política de “segundos”:sub,vice,etc;  saber cobrar do mercado e governos movimentos neste sentido;  manter seus mandos e comandos atualizados com as metodologias e tecnologias de ponta em suas atividades através de cursos adiantados e de troca de conhecimentos com gerações em graduações e pós graduações contratados ou como “trainies” ou estagiários, quando seja impossível afastamentos de seus líderes de suas funções para cursos externos; > “ATENÇÃO” • A Obrigação e Responsabilidade dos Empreendedores e dos Administradores de Recursos e Capitais de estar preparados para valorizar o Trabalho de Massa, da Inteligência competitiva e/ou Reconhecimento das diferentes Inteligências da Força de Trabalho, com trabalho consistente de auto-convencimento, quando Mandos, e de convencimento de toda a Cadeia de Comandos quanto à obrigatoriedade de abandono de práticas e vícios de Tecnologias ultrapassadas e às vezes centenárias como a de Taylor e suas seqüências, passando a: > o Reconhecer que resultados são alcançados pelo conjunto das Inteligências e esforços de todos e não somente de Mandos e Comandos, que antes mal orientados alimentaram vaidades negativas, quando na realidade modernamente todos nas empresas se devem encaram com parte integrante de sua Força de Trabalho (Mandos, Comandos, funcionários, contratados, terceirizados e pessoais em contratos adicionais); > o Ter Conhecimentos Modernos sobre a Multiplicidade da “Inteligência Humana”, e dominar os Conhecimentos sobre “liderança de Inteligências” em substituição a Gestão de Pessoas que já substituíra Gerência de Pessoal; > o Estar convencidos das LIMITAÇÕES HUMANAS e do TEMPO, o que faz com que se raciocine em termos de: aceleração, aumento e continuidade de desenvolvimento e resultados muito positivos quando divididos poderes, obrigações e responsabilidades de e para resultados desde planejamentos até as apurações de resultados de metas: >  Não ser imortal e ser frágil;  Não ter capacidade de Conhecimento sobre tudo;  Não poder fazer de tudo ao mesmo tempo;  Não poder estar em vários lugares ao mesmo tempo;  O Tempo não pára e não volta atrás. > “ATENÇÃO” • “Sistemática de Inteligência Empresarial” como meio de Desenvolvimento Empresarial Positivo, Continuado e Sustentável com Resultados em Progressão Geométrica, que disponibiliza a todos melhores bases para decisões em processos contínuos, tendo as bases em: o Força d e Trabalho é: Mandos+Comandos+Funcionários+Contratados; o Todos são inteligências que devem ser conhecidas e lideradas;; o Todos são responsáveis e reconhecidos pelos resultados empresariais; o Todos participam dos processos de Planejamento; o Todos dão continuidade de desenvolvimento em suas funções e nos conjuntos em que participem; o Sistemas abertos de Comunicação e ou Registros em duas vias; o Estrutura Organizacional com rede de retaguardas de apoios setoriais e de Pesquisas: Locais, internas, externas, nacionais e internacionais com comando nas Gerências de Superiores que analisam e disparam as boas práticas para todas inteligências lideradas o Utilização de Ferramentas modernas de execução, acompanhamento e controles desde os planejamentos até as apurações de resultados e de eficácias do planejado, provendo correções e prevenções imediatas; > 4. “Combate à Pobreza e Geração de Emprego do Mundo x Estratégia a Desenvolver” > Não é uma redundância voltar a tratar deste título ou tema uma vez que nos temas anteriores e nos temas a seguir estejam sendo rediscutidos tais assuntos, mas as obrigações e responsabilidades políticas que todos temos e estão aí embutidas neste tema, geralmente impressas nas Constituições de cada Nação, nos obrigam a alertar a todos que se nossos governos erram significa que nós estamos errando ao não cumprirmos com nossas funções, obrigações e responsabilidades de donos de nossas nações, ao não utilizarmos os nossos poderes de “donos” para fiscalizá-los e exigir de “nossos servidores públicos” concursados, contratados ou eleitos, as correções que queremos e são necessárias para: “combate à pobreza e geração de emprego do mundo x estratégia a desenvolver” > Abaixo são listadas matérias ligadas a estratégias que DEVERIAM SER NOSSAS, POIS governos são instrumentos para Povos administrar suas Nações: Governos somos nós! > • Formação Política de todas as gerações para mandar em seus Sistemas de Governos; > • Formatação de Constituintes Nacionais Diretas onde os próprios povos possam exigir e colocar direta e soberanamente em suas CONTITUIÇÕES COMO PRINCÍPIOS, MÁXIMAS E LIMITES o que querem e o que não querem para seus futuros e para suas Riquezas, Oportunidades, Possibilidades, Mercados e tudo mais que lhes pertença; > • Formação Educacional, Cultural e Profissional ATUALIZADAS destes Povos ! > • Obrigatoriedade de Formação de Caráter, Moral e Ética pelos sistemas acima; > • Planejamentos Governamentais de incentivo ao Empreendedorismo alimentando a formação de volume de Pequenas e Médias Empresas CAPITANEADAS POR FEDERAÇÕES QUE AS GARANTAM NOS MERCADOS e Analises Governamentais de Incentivos e Parcerias para a formação de Grandes Empresas que alavanquem maiores possibilidades de geração de empregos COM COMÉRCIO EXTERIOR; > • Obrigatório Combate à Corrupção que invadiu o Mundo. > • OBRIGATORIEDADE DE PLEBISCITOS POPULARES PARA VARIAÇÕES DA PROPRIEDADE, USO DAS RIQUEZAS, BENS, CONCESSÕES E TRADIÇÕES DO POVO; Para a Geração e fomento de Novos Empregos,com aumento de Exportações, caberia a Análise de Alinhamento do Empresariado Nacional com as Empresas de Certificações Internacionais de Qualidade, Meio-Ambiênte, Saúde e Segurança no Trabalho, e, em especial a Certificação S A – 8.000 que a princípio visa que trabalhadores tenham a escolha para dividir seu tempo diário com: > • Oito horas de trabalho; • Oito horas de entretenimentos e contatos com sua família e com seus estudos; • Oito horas de descanso. > 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL: INDIVIDUAL, NACIONAL E INTERNACIONAL: DISCUTINDO-SE OS ITENS A SEGUIR: > 5.1. “Assédio Moral”: > Qualquer tipo de ASSÉDIO passa a existir quando as sociedades organizadas como POVOS se deixam levar por terceiros que, sem fiscalização destes POVOS passam a priorizar tudo antes do RESPEITO às vontades destes POVOS e se acham DONOS DAS NAÇÕES que tais comportamentos permitem; > Geralmente, com o passar dos tempos sem reações destes POVOS, criam-se verdadeiras CASTAS OU IRMANDADES (HOJE QUASE SEM DISFARCES) DE MANDANTES OU CORRUPTOS QUE SE ACHAM DEUSES E, AÍ TODOS OS TIPOS DE ASSÉDIOS PASSAM A EXISTIR. > NESTAS SITUAÇÕES, EXECUTIVOS, LEGISLATIVOS E JUDICIÁRIOS JÁ AGEM DISPRICENTEMENTE QUANTO A RESPEITAR SEUS PATRÕES: OS POVOS QUE LHES PAGAM; (já fazem isto há muito tempo) > ISTO SOMENTE MUDA COM A POLITIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DESTES POVOS. > 5.2. “Ética e Valores”: (proposital repetição de texto) > Qualquer tipo de VALORES de um POVO passa a inexistir ou ao estado falimentar quando estes POVOS se deixam levar por terceiros que, sem fiscalização destes POVOS passam a priorizar tudo antes do RESPEITO às vontades destes POVOS e se acham DONOS DAS NAÇÕES que tais comportamentos permitem; > Geralmente, com o passar dos tempos sem reações destes POVOS, criam-se verdadeiras CASTAS OU IRMANDADES (até SEM DISFARCES) DE MANDANTES OU CORRUPTOS QUE SE ACHAM DEUSES E, AÍ TODOS OS TIPOS DECORRUPÇÕES PASSAM A EXISTIR. > NESTAS SITUAÇÕES, EXECUTIVOS, LEGISLATIVOS E JUDICIÁRIOS JÁ AGEM DISPRICENTEMENTE QUANTO A RESPEITAR SEUS PATRÕES: OS POVOS QUE LHES PAGAM; > ISTO SOMENTE MUDA COM A POLITIZAÇÃO E EDUCAÇÃO DESTES POVOS. 5.3. “O Trabalho na Construção da Dignidade Humana”: (visão Ideal) > A Dignidade Humana é plantada desde o parto de um(a) filho(a) assistido gratuitamente por entidades governamentais em todos os detalhes desde da anterior educação dos seus pais, do acompanhamento da gravidez e da alimentação da mãe, do tratamento pré-natal, da internação adequada e acompanhada, da previsão de suporte pós-parto; e > Tem continuidade em todos os cuidados alimentares e de abrigo, vestuário e de apoio para que a mãe possa alimentar o filho(a) “no peito” até mesmo no trabalho caso esta o tenha, com creches e salas de amamentação até que na idade certa pré-escolas possam apoiar o crescimento físico e mental adequado de um novo DONO de sua Nação; > A Sociedade organizada (o POVO) e seus instrumentos para governar a sua Nação segundo Sistemas Políticos Modernos, que hoje tendem para o SOCIAL-DEMOCRÁTICO, definindo DIRETAMENTE Princípios Constitucionais em suas Constituições, estabelece o que quer e o que não quer para seu futuro para seu futuro e para o que se faça com suas riquezas, bens públicos, concessões, mercados, possibilidades e oportunidades; > As Constituições, com redundância forçada, constituem condições para que a continuidade de ATOS PÚBLICOS E PRIVADOS venham a atender as vontades estabelecidas nos PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS, procurando por atos EXECUTIVOS, LEGISLATIVOS E JUDICIÁRIOS fazer com que as INTELIGÊNCIAS, ESFORÇOS E INVESTIMENTOS PÚBLICOS E PRIVADOS sejam direcionados a obedecer estes PRINCÍPIOS, GERANDO DESENVOLVIMENTO DE EMPREGOS, RENDA e RESULTADOS que dignifiquem a todos, criando CONDIÇÔES PARA QUE TODOS TENHAM QUALIDADE DE VIDA ATRAVÉS DE SEUS PRÓPRIOS ESFORÇOS E MÉRITOS; > Para tal, todas as gerações CRIADAS E EDUCADAS aprendendo que estão sendo preparadas para ocupar seus lugares de DONOS DE SUA NAÇÃO, que é estruturada como um grande condomínio, onde JUNTOS todos são donos, todos tem todos os poderes de donos, todos tem funções de donos (de conhecer a Constituição de sua Nação, fiscalizar se seus Princípios estão sendo cumpridos e de exigir respeito e resultados esperados de seus prepostos nos governos) e obrigações e responsabilidades perante sí, perante seus compatriotas, perante sua Nação e perante a Humanidade; > Isto significa que Sistemas Governamentais de EDUCAÇÃO E CULTURA (gratuita e em horário INTEGRAL) , SAÚDE (gratuíta), ESPORTES, TRABALHO e TODOS OS DEMAIS órgãos de governos devem dispor meios de que todos igualmente venham a ter TODAS as CONDIÇÕES de disputar em igualdade de conhecimentos vagas nos mercados de trabalho que possam alcançar, dependendo tão somente de seus conhecimentos e seus esforços para se classificar nas disputas de mercados; > Pelo que vimos a DIGNIDADE HUMANA é alcançada pelo que um POVO PLANTA PARA SEU FUTURO COM OS MEIOS QUE DISPONHA, se organizando em NAÇÕES que todas suas GERAÇÕES saibam serem DONAS DO QUE SEUS ANTEPASSADOS DEIXARAM: É SABER POLÍTICO! 5.4. “Dimensão Social do Trabalho na Globalização”: > Após a Segunda Grande Guerra Mundial, alguns Movimentos de Responsabilidade Social originários na SCANDINÁVIA se organizaram para alcançar as demais nações para esforços pela PAZ MUNDIAL (Prêmio Nobel da Paz), cujos Movimentos mais conhecidos se iniciaram na Suécia e na Noruega; > Movimentos Mundiais se multiplicaram em defesa de vários segmentos específicos com origens diversas tendo também o AVAL DA ONU, OIT e outros; > Erradicação do Trabalho Escravo; Erradicação do Trabalho da criança e dos menores, Selo de Origem de Madeiras Legais, Eficiência Energética, Uso Racional da Água, BUSCARAM E BUSCAM A CONFORMIDADE SOCIAL NO E DO TRABALHO! > Confirmando a teoria de que “conformidades legais” só são alcançadas “QUANDO DOEM NO BOLSO” caso hajam cobranças de multas ou penalizações pelas não observações de exigências, podendo culminar com cancelamentos de grandes negócios, as Nações Desenvolvidas passaram a exigir outras certificações tais como: Certificações de Qualidade, Meio-Ambiênte, Saúde e Segurança no Trabalho que em seu bojo carregam uma série de exigências que buscam combater abusos que a GANÂNCIA HUMANA costuma praticar ; > Forçados pelas Nações mais Desenvolvidas os Setores Judiciais passaram a tratar mais detidamente os assuntos de Assédio Moral e Ética, Notadamente nossos legislativos e setores Trabalhistas; > TERMINO ESTA APRESENTAÇÃO DE DADOS, INFORMAÇÕES E CONHECIMENTOS EVIDENCIANDO QUE CADA VEZ MAIS CAMINHAMOS SOBRE O “FIO DE UMA NAVALHA” QUE TANTO PODE CORTAR NOSSOS ABUSOS “CANIBAIS” CONTRA NOSSOS PRÓPRIOS IRMÃOS COMPATRIOTAS OU NÃO, COMO PODE NOS ELIMINAR COMO SERES VIVOS QUE PODERIAM CONTINUAR VIVENDO EM UM PLANETA CASO ELE NÃO VENHA A EXPLODIR POR NOSSAS PRÓPRIAS AÇÕES NA SUA ADMINISTRAÇÃO! Adão Eduardo de Miranda Sá > Administrador. O autor, nasceu no Rio de Janeiro em 1943, fez nove anos de escolas superiores à noite trabalhando de dia; Politizado, iniciou-se no trabalho no Bank of London & South América Ltd. onde conheceu informática, ingles, câmbio e comércio exterior; Conheceu grande parte de Brasil e do Mundo, foi empresário, consultor empresarial e em construção civil, participou da maior “trading company” da América Latina (Interbras) e hoje é funcionário da Multinacional Petrobras Energia onde atua em gestão de defesa e desenvolvimento de Segurança, Meio-Ambiente, Saúde e Segurança no Trabalho, Sistemas Integrados de Gestão de Certificações Internacionais, Ética, Segurança da Informação, Responsabilidade Social e Eficiência Energética.. > Estuda e Pesquisa os Desenvolvimentos: Humanos, Empresarial e de Nações com ênfases em: Diversidade da Inteligência, Inteligência Empresarial, Liderança de Inteligências e Inteligência Global nos últimos trinta anos viajando por todo o Mundo na tentativa de abrir mentes para as realidades que nos afetam a todos..
Daniela Teixeira
18/08/2011 16:18:20
Pessoal, agradeço a todos pelos comentários valiosos nesse nosso espaço. O foco do nosso trabalho tem sido a Inteligência Empresarial e de Mercado, mas fico contente de ver o interesse crescente de pessoas como o Adão que cita as INTELIGÊNCIAS HUMANAS DIVERSIFICADAS e a INTELIGÊNCIA POLÍTICA GLOBAL. Acredito que as 'Inteligência do Governo', como as agências de Inteligência, poderiam se beneficiar das melhores práticas de Inteligência que trabalhamos no ambiente corporativo e, por outro lado, nós também. Estamos abertos ao benchmarking de práticas de inteligências entre o ambiente corporativo e o governo. SDS Daniela Ramos Teixeira
ADÃO EDUARDO DE MIRANDA SÁ
14/08/2011 10:47:39
Aos dezoito anos, há cinquenta anos, fiz meu primeiro Plano de Vida até os cinquenta anos e posteriormente anualmente o refiz com base em observações diárias que redirecionavam meus esforços com os mesmos sentidos ou metas iniciais: Levar minha inteligência continuadamente conforme o Desenvolvimento Humano, Desenvolvimento Profissional e o Desenvolvimento das Nações; > Privilegiado por ser politizado e educado segundo o melhor que meus pais puderam diblar o obsoletismo canibal provido pelas originais irmandades nocivas (hoje invadidas também por outros interesses internacionais) que nos enganaram na Proclamação da República e nos tutelam constitucionalmente e ilegalmente até hoje, segui SOLO o que de política, caráter, moral e ética herdei em singular privilégio que a grande maioria daqueles aqui nascidos não tiveram; Viagei o Brasil e o Mundo Desenvolvido. Dediquei os meus últimos trinta e poucos anos aos estudos, pesquisas e análises comparativas de Desenvolvimento Humano, Empresarial e de Nações; De seus topos cheguei às INTELIGÊNCIAS HUMANAS DIVERSIFICADAS, À INTELIGÊNCIA EMPRESARIAL GLOBAL E Á INTELIGÊNCIA POLÍTICA GLOBAL; > Fico contente de achar grupos que caminham nestes sentidos embora muito humildemente libertos da cultura viciada que incultiram em todas as nossas gerações brasileiras, INCENTIVO-OS A IR BASTANTE MAIS ADIANTE E A ENXERGAR AS NECESSIDADES DE POLITIZAÇÂO E DESENVOLVIMENTO SOBERANO DE NOSSO POVO, até que um dia, as novas gerações se sintam RAZÃO E DONAS desta NOSSA NAÇÃO e possam somar suas INTELIGÊNCIAS utilizando seus poderes natos para administrar NOSSA NAÇÃO COLOCANDO DIRETAMENTE PRINCÍPIOS, MÁXIMAS E LIMITES CONTITUCIONAIS ATRAVÉS DE CONSTITUINTES NACIONAIS DIRETAS; ENCERRO ESTE COMENTÁRIO INCENTIVANDO-OS A CONHECER A SCANDINÁVIA, PELO MENOS, E ATINGIR REALMENTE O QUE SEJA INTELIGÊNCIA COM O MÍNIMO DE DEFEITOS HUMANOS. ADÃO EDUARDO DE MIRANDA SÁ
Luis Henrique
09/02/2011 23:47:47
É com imensa satisfação que posto meus agradecimentos quanto aos conhecimentos obtidos em aula. O Artigo publicado vem de encontro com os assuntos e debates explorados em sala de aula. Este artigo em especial nos apresenta os benefícios de possuir boas parcerias e prestação de serviços inteligente. Hoje parceria estratégica e inteligência para competir é o fator de diferença para as empresas deste universo global. Luis Henrique – Energy Coml.Imp.Exp.
Fábio Pereira
10/01/2011 13:46:28
Prezada Daniela, Quero agradecer o período em que pôde dividir conosco a sua experiência, conhecimento e tempo ao ministrar as aulas de Gestão Internacional e Alianças Estratégicas. Reconheço o desafio que constitui a preparação, a análise de trabalhos e a condução do tema junto a uma equipe diversa. Tudo foi conduzido com competência, dedicação e profissionalismo. Suas aulas foram muito proveitosas. Esteja certa de que contribuiu para meu o desenvolvimento e agregou informação e conhecimento para a minha formação profissional. Att., Fábio Pereira
Cleyson Vinicius Sanches Brambilla
06/01/2011 17:40:02
Gostei bastante do artigo, na minha opinião ele complementa os dois anteriores (Redes de Valor e de Cooperação : evoluindo com a Inteligência Empresarial – séries 1 e 2), o que é bem legal pois eles se conversam e desperta a curiosidade de quem não leu os outros. Att., Cleyson Vinicius Sanches Brambilla BM&FBOVESPA S.A.
Cleyson Vinicius Sanches Brambilla
06/01/2011 16:11:37
Gostei bastante do artigo, na minha opinião ele complementa os dois anteriores, o que é bem legal pois eles se conversam e desperta a curiosidade de quem não leu os outros. Cleyson Vinicius Sanches Brambilla
Jordano Gonzatto
05/01/2011 22:08:24
Daniela, excelente o seu artigo, divulgamos aqui na empresa. O que desperta mais atenção e parece que nem todos estão ligados nisso é o fato de que parceria não é mais diferencial, mas sim necessidade! Muito bom! Parabéns! Jordano Gonzatto http://empreendedorismoagil.com.br
Pedro Alexandre
05/01/2011 22:06:12
Parabéns! Excelente artigo! Pedro Alexandre Analista de Negócios da Infoway